quinta-feira, 16 de julho de 2009

I Love Kayt

(descrição de uma garrafa vazia)

O sítio mais romântico do mundo ainda não foi descoberto. Não há problema. O príncipe-guarda-costas tem super-poderes proto-realistas: lança shurikens e hífens com a força de mil cupidos moribundos. O amor é a morte disfarçada. Há superioridade na palavra ilusão. Há feitiços que sobrevivem à chuva de unhas premeditada, alguns alfinetes entram na pele sem pedir licença: são os mais educados.
Preciso de uma injecção de algo mais. Algo que me impeça de suscitar o corpo em larga imaginação exploração pormenorizada do interior sangue sangue osso osso partido medula língua sangue.
Buddy Holly deve ser eufórico no inferno. As estrelas pop cantam no inferno.

Um comentário:

Meggie disse...

Shuriken!?- lâmina ninja :)
"alfinetes que entram no corpo"?! Hum estou a ver que o voodoo está por toda a parte.
E sim e verdade, o amor é mesmo a morte disfarçada, pois por vezes mata-nos lentamente.....

Curti o uso do shuriken

Ana Laranja