quarta-feira, 26 de dezembro de 2007

Sono

Promessa masoquista
Orgasmo indeterminado
Melancólica conquista
Segredo ultrapassado
Gosto de evocar o sono
Metáfora de geleia
Não sejas derrotista
Jamais acordado
Gosto de ter sono
É como se fosse uma promessa
Gosto de prolongar o sono
Tornar a promessa perfeita
Leite define o frio
Palavras são geladas
No outro além
Insónias consubstanciadas
Quem inventou o sono de dia foi uma fada
Presa numa emboscada
Mais uma faceta do equilíbrio
De onde é que vem o sono?

(Escrito Com B.)

Um comentário:

O Raposo, the foxman disse...

O sono... o sono veio da desistência da existência. Uma fuga para outro lugar onde, entorpecidos, melhor digerimos a realidade.