quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Desenhos Animados No Mesmo Lugar e Outras Ideias

Cidade glitter
Ao respirares
Detentora de gomas
E mais cenas doces
Fluorescentes
Chocantes
Só uma nota no piano
A lágrima negra que nunca desperdiçaste
Expulsado algum nevoeiro desconcentrado
Concentração e o vazio preenchido
Olhar em frente, parede transfigurada, repleta
Mais notas afligem, discutem
E pela janela abstracta, do lado oposto a tudo
As certezas acontecem derramadas
Elogios ofuscam-se, naufragam
Sucedem-se impérios de grandeza
E a cartilagem permanece onde permanecia
Carrinhos de brinquedo
Casinha, garagem, palácio
Invisual desfigurado
Serpente de linhas
Escrevo segredos que não quero contar
Regresso a uma contemplação de sinónimos
Quarto de rebuçado
Colcha açucarada
Asas saboreadas
O teu sorriso num canto
Cheios, avançados
Perante a exploração de uma verdade
Não agitada
Realizar torna-se leve
"O karma das fadas!"
Gritaste, lançando
O vestido de noiva a um buraco

Um comentário:

O Raposo, the Foxman disse...

E numa casa de chocolate as crianças engordavam... e alguém as esperava.