segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Na Orla

Riso do sub-mundo
Enfeito-me com cores iguais
Gosto de provocar
Olhar sem desejar

Bruxa rejuvenescida
Perdi os meus poderes
E na orla da perfeição
Encontrei satisfação

Executiva arrebatadora
Será que na tua cúpula
A cara que é, não chora?
A maquilhagem faz parte de ti ou só demora?

Um comentário:

O Raposo, the Foxman disse...

Por detrás de uns óculos escuro, será a realidade igual à realidade fora deles?