segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Degenerada Artificial

Uau, olhem para mim
Sou tão cool a ouvir Metallica
O meu iPod só toca no máximo
Roupa parecida, azulinho em camadas
Não há sensação que me perturbe
Brinco com os dedos
Sou muito rebelde
Ya, gosto de metal, nao vês nos meus dentes?

Penso com o cérebro fechado
Esmago abóboras em pensamentos
Adormecidos...

...e não sei o que quero
Há um sitio la em cima
Dificulta-me ter que chegar lá

Fixo nada
Luzes, câmara, música

Um comentário:

O Raposo, the Foxman disse...

Luzes, câmara... acção! Continua mais uma actriz neste enorme palco que é a vida...