segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Sonata

Traços de vampira superficial
Sapatos vermelhos, sapatos vermelhos
Cerimónia não pretendida num plano confortável
Enfraquecida, vislumbras
A mão cobre-te e sorris
Afastas a vagina
Esfaqueias paraísos
Afogas-te em sonhos
É hilariante
Uma sonata suicida
Suicida
Suicida

Um comentário:

O Raposo, the Foxman disse...

O sangue é um feitiço. Muitas vezes, demasiadas vezes, pela fome dos outros.