sábado, 27 de outubro de 2007

20 Minutos

Luas multiplicam-se à minha volta
Hoje escrevo outras substâncias
Substituo rotina por acaso
Espero o inesperado fervorosamente
Mundo diferente leves alterações
O que as pessoas fazem quando não estou lá
Universo paralelo em continuação
Pedrinhas espalhadas mostram a direcção
Sigo a intensidade de caras anónimas
Saboreio as vozes que se me apresentam
Num instante preso em algo descoberto de repente
Viciado no ínfimo reconhecimento
Estradas duras acariciam-me delicadamente
Escolhi as escadas mas também serpentes
Enganei-os a todos
Enganei
Um gigante entre mortais
Só 20 minutos mais tarde

2 comentários:

Anônimo disse...

Segui as palavras até ti e não foste desilusão...
Gostei mesmo disto tudo!

Quem sou eu? Pergunta-me amanhã ;)

O Raposo, the Foxman disse...

O mundo é composto de mudanças e imprevisibilidades. Assim são também os humanos.