domingo, 14 de outubro de 2007

Deuses Outra Vez

Marcas de dentes gravadas na pele
Valsa vampiresca
Contemplação

Lábios perfurados, gotinhas
Cordas e teclas
Excitação

Dor
Prazer
Drama
Comédia

Nada de metades

Emoções a explodir
Exageros a cintilar
Arte vibrante
Intensa, chocante

Crime sem vítimas
Ardemos juntos
Percorremos o Inferno
Numa brisa quente

Somo Deuses outra vez...

Um comentário:

O Raposo, the Foxman disse...

Carmesins são os campos... la luxúria e do pecado.