terça-feira, 30 de outubro de 2007

Pedra Crepuscular

Processo de sedução
Raparigas mortas não dizem não
Corpos difamados
Escutam-nos a apodrecer
Uivos seleccionados
Observam de dentro
Beleza branca, noite branca
Sinos da catedral
Escadinhas da culpa
Morte desenhada em estátuas
A hora da penitência
Sufoco
Arrependimento
Confissão
Para além da sepultura
A dor continua
Expulso o inconsciente
Choro fogo
Desejo partir
Na pedra crepuscular

Um comentário:

O Raposo, the Foxman disse...

Tens aqui à faculdade de medicina. Onde autopsiamos a vida, a morte e a razão.